Sejam Muito Bem-Vindos!

O intuito desse blog é somente compartilhar experiências, mensagens ou tão somente dizer o que senti, por isso fiquem a vontade para comentar sempre. Bjs!

sexta-feira, 27 de julho de 2012

O SAPO E A ROSA

Era uma vez uma rosa muito bonita, que se sentia envaidecida em saber que era a rosa mais linda do Jardim. Mas começou a perceber que as pessoas só a observavam de longe. Acabou se dando conta de que, ao seu lado sempre havia um sapo grande, e esta era a razão no qual ninguém se aproximava dela. Indignada com a descoberta ordenou que o sapo saísse de perto dela imediatamente. O sapo, muito humildemente, disse: Esta certo, se é assim que você quer… Algum tempo depois, o sapo passou próximo de onde estava a rosa, e se surpreendeu-se ao vê-la murcha e sem pétalas. Penalizado, disse a ela: Que coisa horrível, o que aconteceu com você? É que desde que você foi embora, as formigas se aproximaram e me destriam dia à dia, e agora nunca mais vou voltar a ser o que era. O sapo respondeu: Quando eu estava por aqui, eu comia todas as formigas que se aproximavam de ti, por isso eras a rosa mais bonita do Jardim. Muitas vezes não valorizamos os outros, por acharmos que somos superiores, mais “bonitos”, de mais valor, e achamos que os outros não nos servem para nada. Deus não fez ninguém para “sobrar” neste mundo. Todos temos que aprender uns com os outros. Nunca devemos desvalorizar alguém. Pode ser que uma dessas pessoas que não damos valor, nos faça um bem que nem nós mesmos percebemos. Que Deus nos abençoe e ajude a visualizar a beleza dos outros. E lembrem-se principalmente, cada um de nós tem um valor insubstituível, talvez não visível aos olhos humanos, mas com certeza aos olhos de Deus.

Um comentário:

  1. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,
    mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante,
    deixe um comentário, e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir.
    Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. Abraço.
    António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir